Assim como ninguém nasce padre, professor ou médico, da mesma forma ninguém nasce cristão, mas TORNA-SE CRISTÃO.

É na família que acontecem os primeiros passos de iniciação à vida cristã; são os primeiros ensaios no colo da mãe, na oração, na convivência que desperta para a presença de Deus

É no aconchego do lar que o primeiro anúncio (querigma) deve acontecer. A primeira experiência de comunidade se dá na família, experiência que se prolonga na comunidade de fé, a Igreja, em que as pessoas são preparadas pela catequese e iniciadas definitivamente na vida cristã através dos sacramentos do batismo, crisma e Eucaristia

Quantas famílias ainda não receberam o anúncio do amor de Deus! Quantas famílias ainda não foram evangelizadas, embora tenham celebrado os sacramentos; quantos pais e filhos ainda não fizeram a experiência do encontro com Jesus de Nazaré!

É desse encontro com Jesus que nasce a conversão. A pessoa se reveste de uma nova criatura, é a morte do homem velho para que seja configurada a identidade do ser cristão. É este homem e esta mulher renovados que serão atuantes na sociedade, portadores de valores evangélicos e defensores do Reino da Vida.

Que as famílias católicas se aproximem mais de Jesus e se aprofundem no conhecimento de seu Evangelho, e que pais e mães entendam sua missão e se comprometam não só com a iniciação da vida cristã de seus filhos, mas se empenhem diariamente para que os filhos cresçam mais e mais na fé e no amor a Deus.


Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo